Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

The Pale Blue Eye

31
Out22

Um detective cansado da vida é contratado para investigar o assassinato de um cadete de West Point. Frustrado pelo código de silêncio dos cadetes, ele convoca um deles para o ajudar a desvendar o caso - Um jovem que o mundo viria a conhecer como Edgar Allan Poe -
Baseado na obra de Louis Bayard. Um filme de Scott Cooper com Christian Bale, Gillian Anderson e Harry Melling.
Netflix. 6 Janeiro 2023.
Assista ao trailer.

The Pale Bleu Eye.jpg

All Quiet On The Western Front

13
Set22

Esta será a terceira versão cinematográfica adaptada da obra homónima do romancista Erich Maria Remarque, tendo sido a primeira do realizador Lewis Milestone e vencedora do Óscar de Melhor Filme (1930). A segunda, menos conhecida, foi realizada por Delbert Mann (1979).
Esta versão tornar-se-á provavelmente no filme alemão mais caro da Netflix.
A história passada durante a Primeira Guerra Mundial, acompanha os adolescentes Paul Baumer e os seus amigos Albert e Muller que se alistam voluntariamente no exército alemão, cavalgando uma onda de fervor patriótico que rapidamente se dissipa quando enfrentam as realidades brutais da vida na frente de batalha. Os preconceitos de Paul a respeito do inimigo e os acertos e erros do conflito logo desmoronam. No entanto, até à contagem decrescente para o armistício, Paul tem de continuar a lutar até o fim sem qualquer objectivo para além de ter que satisfazer o desejo dos seus superiores em acabar com a guerra através de uma ofensiva alemã.
Um filme de Edward Berger com Daniel Brühl, Albert Schuch e Sebastian Hülk.
Assista ao trailer.

All Quiet On The Western Front.jpg

The Good Nurse

08
Set22

Amy, uma enfermeira compassiva e mãe solteira que luta contra um problema cardíaco com risco de vida, é levada aos seus limites físicos e emocionais pelos difíceis e exigentes turnos nocturnos na UCI, mas a ajuda chega quando Charlie, um enfermeiro atencioso e empático, começa a trabalhar na sua unidade. Enquanto compartilham longas noites no hospital, os dois desenvolvem uma forte amizade e pela primeira vez em anos, Amy realmente acredita no seu futuro e no das suas filhas. Mas depois que uma série de pacientes que morrem em circunstâncias misteriosas, é desencadeada uma investigação que aponta Charlie como o principal suspeito e Amy é forçada a arriscar a sua vida e a segurança das suas filhas para descobrir a verdade.
Um filme de Tobias Lindholm com Eddie Redmayne e Jessica Chastain.
Assista ao trailer.

The Good Nurse.jpg

Luckiest Girl Alive

07
Set22

Uma nova-iorquina de língua afiada que parece ter tudo: uma posição cobiçada numa revista famosa, um guarda-roupa matador e em vista um casamento de sonho em Nantucket, mas quando o director de um documentário policial a convida para contar a sua versão do incidente chocante que ocorreu quando ela era adolescente na prestigiada Brentley School, Ani é forçada a enfrentar uma verdade sombria que ameaça desvendar sua vida meticulosamente trabalhada.
Um filme de Mike Barker com Mila Kunis, Connie Britton e Jennifer Beals.
Assista ao trailer.

Luckiest Girl Alive.jpg

Terá o meu desejo sido escutado?

21
Jul22

As operadoras como a SportTV deviam ter a hombridade de permitir que o espectador pudesse optar por assistir aos jogos de futebol - e outros eventos - apenas com o som ambiente. Já o afirmo desde sempre, mas por razões tecnológicas óbvias, desde que a televisão entrou na era digital que o faço com mais veemência porque sei que, havendo vontade, isso está apenas ao alcance de um botão.
Com a oferta dessa opção o espectador era mais bem servido e até ajudava a que, mais tarde ou mais cedo, os ‘comentadores’ desportivos ‘isentos’ fossem extintos com alguma dignidade.
Não só deveria ser possível fazê-lo, como deveria ser publicitado. Estou em crer que até hoje esse serviço nunca foi facultado apenas por manifesta má vontade e porque para tal era preciso haver coragem para pôr fim a ‘tachos’ a partir dos quais tanta nulidade se alimenta.
Li algures que agora já é possível desactivar os monocórdicos de serviço durante os jogos do Sporting CP, FC Porto e SL Benfica transmitidos em directo nos canais SportTV.
No caso de uma box da MEO, é necessário ir a ‘Opções > Idiomas Falados’ e mudar de ‘Português (áudio)’ para ‘Alternativo (áudio)’.
Experimentei agora na SportTV6, numa transmissão de golfe em directo e ao seguir os passos supra citados, mudou os comentários para inglês. Já é uma mais-valia, no entanto não acredito que nos referidos jogos da Liga se vá conseguir calar a insuportável camarilha de serviço. Era bom de mais para ser verdade. Vamos esperar por Agosto. A confirmar-se, este sim, seria verdadeiramente um serviço público. Um descanso para a sanidade mental daquele espectador que paga e bem pelo serviço e que gostaria de não ter de passar um jogo inteiro a ouvir conversas de café, debitadas por tendenciosos ‘mestres’ da táctica, mas é também por isso mesmo que não creio que funcione ou que venha a funcionar. Há muita gente influenciável e os opinion makers não estão lá por mero acaso.
Até ver, não me vou deixar iludir por esperanças vãs.

E vocês, já viram a ‘Glória’?

12
Nov21

Sem spoilers, posso dizer que apesar de tudo, vale a pena ver a série.

Não deixem de ver nem de dizer que gostaram só porque a série é portuguesa. De certeza que já todos viram bem pior e aplaudiram. Se não gostarem, digam também :)

Qualidade áudio deixa muitíssimo a desejar - conforme já referi em post anterior - o que é imperdoável. Quase desisti ao primeiro episódio graças a isso. Se tivessem gasto menos em tabaco, talvez tivessem tido orçamento para fazer melhor.

Alguns actores com interpretações que, como diria a minha avó, valha-me Deus, de tão fraquinhas que são. Muitos clichés, como um ministro com vida dupla, um soldado que na guerra do Ultramar dá um tiro num pé para voltar para casa. O jovem engenheiro que dá a volta à cabeça da saloinha lá da terra e mais alguns que agora não me lembro.

No entanto não deixa de ser um thriller de espionagem com um enredo interessante.

A acção decorre em 1968, anos finais da ditadura e durante a Guerra Fria, na aldeia Glória do Ribatejo, no centro de rádio retransmissão ‘RARET’, que servia para transmitir propaganda ocidental para os países do Bloco de Leste.

É precisamente na 'RARET' que trabalha o protagonista, um jovem engenheiro que apesar de filho de um dirigente do Estado Novo, é nada mais, nada menos que um recruta do KGB.

* palpita-me que não se vai ficar pela 1ª temporada.

** Obrigado ao SAPO pelo destaque dado a este post.

 

Glória 650px.jpg