Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

Como uma praga

01
Dez19

Parece que passo o tempo a bater na mesma tecla, mas os néscios são tantos e os exemplos multiplicam-se diariamente como ervas daninhas a um ritmo alucinante, que se torna impossível ficar indiferente a tanta e tão estulta gente.

Isto caminha para algo muito negro. Os doutorzinhos de hoje, têm a mesma cultura que os burros que transportavam os cântaros dos aguadeiros, no séc. XVI.

Escumalha cujos antepassados, ainda novos, deviam ter batido com a nuca no chafariz da Meia-Laranja.

Como eu sempre digo, uma vala comum de Norte a Sul, deixar só uns três milhões e ainda ficava muita gente.

1 Dezembro.jpg

O mundo é dos néscios

04
Nov19

Lei antichumbo poupa 5 mil euros por aluno

Já tinha falado do tema neste post. Se tudo isto já é grave e injustificável, pensar que são razões económicas que levam a tão ignóbil medida, apenas para poupar dinheiro, vai para lá do imaginável.

Para além de tudo, gastar 5000 mil euros com um asno, é estar a inflacionar toda a classe de jumentos que por aí anda e que já se faz pagar ao preço do ouro.

Daqui se deduz, que para os sabujos dos socialistas, investir na educação, significa beneficiar os burros em detrimento dos que se esforçam e ainda amealhar dinheiro com isso. Na minha terra, isso tem outro nome e não se chama “investir em educação”.

Obey Carpenter.jpg

Dêem-lhes uma licenciatura à nascença

29
Out19

Consta que o “Governo tem plano para acabar com os chumbos no ensino básico”!

Ora, se os paizinhos desta malta, já são, maioritariamente, uma maralha que não vê uma letra de tamanho de um boi e fale-se do que se falar com tal estulta gente, estamos sempre a falar chinês, para onde está este país a caminhar?

Os filhos, desgraçados, são uns calhaus com óculos que não percebem que o facilitismo lhes limita o futuro, sendo por isso vítimas daquilo que no imediato lhes parece uma óptima ideia, mas que se tornam apenas mais um bando de néscios para andar em rebanho, como convém ao aparatitch socialista.

A ajudar à festa, muitos deles, não recebendo educação em casa, na escola dificilmente respeitarão o formador. Pena é que não haja mais uns quantos professores que lhes enfiem a cabeça no tampo da secretária. A eles e aos pais. Talvez isto melhorasse.

Exceptuado meia dúzia que realmente estuda e aprende e que, para além de inteligentes, se também forem espertos, rapidamente deixarão o país, aos restantes, hoje agarrados a telemóveis, computadores e consolas que no futuro não vão poder pagar, já que aos 40 anos de idade, ainda vivem em casa dos progenitores e por essa altura, já não existe o ordenado dos pais e a reforma dos avós que lhes ia sustentando a vidinha, limitar-se-ão a ser mão-de-obra barata de países ricos e desenvolvidos. Serão Doutores da Mula Ruça a trabalhar em restaurantes para servir turistas endinheirados, já que os próprios não terão dinheiro nem para ir a Cacilhas comer sardinhas, sem que isso lhe estoure com o orçamento.

Verdade seja dita, isto não é de hoje. Assim como assim, as passagens já são praticamente administrativas. Isto será apenas o oficializar do que já se faz escondido com o rabo de fora, desde o tempo dos indivíduos que tiram licenciaturas ao Domingo.

Os paizinhos, coniventes,  aplaudem em surdina ou com estrondo, conformo o seu nível de estupidez, pois claro. Para esta gentinha “O meu filho é uma jóia de moço, muito inteligente e devia ter direito a uma licenciatura, juntamente com a certidão de nascimento.”

Safar-se-ão os chicos-espertos com cartão do partido e cunha para a sobrelotada e  já há muito falida Função Pública, mantida à tona por todos nós.

Quo Vadis Portugal.

Burro com livros.jpg

Se o problema fosse o peso das mochilas…

18
Jul19

Ministério quer reduzir peso excessivo das mochilas dos alunos.

Uma vez que, actualmente, aliado à qualidade do ensino, a vontade de aprender e o conhecimento adquirido, são inversamente proporcionais ao peso das mochilas, sendo facilmente perceptível que, mais pesado - para a sociedade e o futuro deste país - só mesmo a ignorância da maioria dos asnos que as carregam às costas, uma mudança de paradigma seria bem-vinda. No entanto, para além de uma medida meramente cosmética, tenho a certeza que apenas servirá para os burros caminharem mais leves.

Aluno burro.jpg

"Chega de Moradas Falsas"

02
Ago18

'Pais estão a mudar morada fiscal para inscrever filhos na escola que pretendem', diz o título da notícia.

O povo a aprender com quem os governa. É tudo farinha do mesmo saco, só que nesta situação já não é fraude, é mais um cínico 'Temos de fazer tudo pelos nossos filhotes'. Nem que seja começar cedo a ensinar-lhes como ser um burlão e a dizer-lhes que vale tudo para passar por cima do próximo.

Vejam lá isso, OK?

 

Nota: Não tenho filhos e estou a defecar-me para quem entre e em que escola. É o princípio e o exemplo que me incomodam.

Moradas falsas.jpg

Percentagens de somenos

09
Fev18

Diz esta notícia que "mulheres representam 70% dos portugueses sem escolaridade, mas também são elas as que têm mais cursos superiores".

Homens ou mulheres, com ou sem cursos superiores…

A única percentagem que me assusta é perceber que só para aí um em cada cem tem cultura e educação minimamente aceitável.

Independentemente das idades, fale-se do que se falar, se não for sobre a vida dos vizinhos, telenovelas ou futebol, parece sempre que se está a falar mandarim.

O resto são números para boi dormir.

 

Chalkboard with math.jpg

Água e sabão só não lavam a má-língua

21
Out17

Aprender a lavar as mãos - e não só - correctamente é algo valioso para a vida. No entanto, fazer com que as crianças e muitos adultos também, compreendam a razão, pode ser um desafio.

A Professora Courtney Lee Simpson de Oak Ridge, Tennessee, mostrou o quão importante isso é de uma maneira desagradavelmente memorável.

A experiência consistiu em três fatias de pão. Uma de controlo, outra limpa e outra suja.

Ela colocou a fatia de controlo num saco, usando luvas, depois lavou as mãos e colocou a fatia limpa noutro saco. Finalmente, preparou outra fatia, fazendo com que todas as crianças na aula tocassem no pão e de seguida também a colocou num saco.

Com o passar do tempo, os germes na fatia de pão que foi tocada pelos alunos, começaram a reproduzir-se e o resultado foi o que se pode verificar na foto em baixo.

 

Courtney Lee Simpson.jpg

Foto: Courtney Lee Simpson

Coisas da esquerdalha

04
Jul17

Escolas estão a passar alunos com quatro e cinco negativas.

 

Primeiro com o Trocas, depois com o Chamuças.

Até sei que uma das justificações é que se reprovam, já ficam muito crescidos para as turmas do ano seguinte.

Bem dizia o Prof. José Hermano Saraiva. Em Portugal, um burro carregado de livros é um doutor.

Muitos dos que decidem estas merdas devem ser os mesmos que no famigerado 25 foram às associações de estudantes comprar os canudos.

 

Bart no quadro 5 negativas.jpg

O fim dos TPCs

04
Nov16

Fim dos TPCs e licenciaturas ao Domingo. Isso é que era serviço.

Os TPCs causam transtorno ao horário das transmissões televisivas de futebol e das telenovelas e roubam muito tempo ao Facebook e à Playstation.

Passem-lhes mas é o canudo logo à nascença. Assim, como assim, a maioria acaba o 12º ano a saber pouco mais do que ler mal e escrever ainda pior.

Empinam à 3ª para se safarem do teste de 4ª e à 5ª já não se lembram de nada outra vez.

Os que acabam a faculdade, a única coisa que tem a mais é álcool no sangue e a cultura geral de um prego ferrugento.

Para rematar, aos 30 ainda vivem com os pais, à conta e a fazer exigências.

Salvam-se algumas -poucas- excepções.

Ler notícia.