Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

Likes, kudos e outros quejandos para massajar o ego a tolos

13
Mar17

Um título de post maior que 'Non ou a Vã Glória de Mandar' e porventura quase tão mau como o filme.

Passo a explicar mas permitam-me que deixe a minha questão central para o fim.

Não são poucas as vezes que tento chamar à atenção de algumas pessoas, na maior parte dos casos em vão, para a total ausência de valor que têm uns Kudos recebidos no Strava ou uns Likes no Facebook, Instagram ou aplicações similares.

…assim como a obrigação de os fazer. Quando é apenas para retribuir, pior ainda.

É pior que o cão atrás do rabo. Pescadinhas de rabo na boca que não acabam mais.

O importante é o que nós fazemos, se gostamos e se nos superamos.

 

-Ai a fulana tal fez-me um like na foto coiso.

-Olha o coiso deu-me kudos na volta tal.

-Tenho de lá ir fazer um like numa foto dela.

-Tenho de ir dar kudos no coiso dele.

 

Eh pah!, este último exemplo não soa lá muito bem.

 

Como eu costumo dizer, fazem scroll com o dedo médio e like com o indicador mas mais valia que enfiassem os dois pelo próprio rabinho acima.

 

Ontem, pela primeira vez e apenas a título de graçola, coloquei um vídeo no Instagram.

Uma coisa banalíssima que não tem mais do que 10 segundos de duração.
Mas é aqui que tudo começa a ficar interessante e bem elucidativo da palhaçada que é o mundo virtual porque maioritariamente é frequentado por gente de carne e osso sem interesse nenhum.

Cá vai a minha questão.

Estes néscios gostaram de quê se nada viram?

É que o vídeo tem até agora 12 vizualizações mas 104 likes, ou seja, 92 não sabem sequer em que é que fizeram like.
Se eu soubesse, tinha posto uma legenda no fim a dizer 'Your mother is a whore!'


#goplayoutside

 

InstaLikes.jpg