Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

Quem pode, manda!

15
Set11

Segundo esta notícia, hoje em Zurique, para a Liga Europa, o Sporting CP equipará de negro (3º equipamento UEFA) pela necessidade de apresentar um equipamento com maior contraste do que o que existe hoje em dia entre o equipamento principal (listado) e o alternativo (branco).

Que nem meretrizes, os clubes na sua maioria necessitados de dinheiro por gastarem mais do que ganham lá continuam a aceitar toda e qualquer imposição vinda dos senhores da UEFA para se poderem mostrar nos grandes palcos europeus e assim obterem mais uns balões de oxigénio que lhes vá permitindo fazer mais umas flores a nível interno.

Veja-se por exemplo os moldes em que a Champions League é organizada. Podiam pelo menos ter o pudor de lhe atribuir outro nome pois essa liga, de campeões tem pouco pelo simples facto de ter mais do que uma equipa do mesmo país.

O futebol não é cada vez mais um negócio mas sim única e exclusivamente um grande negócio onde o amor à camisola e o orgulho pelos símbolos dos clubes tem de ficar à porta, sob pena de se perder irremediavelmente o comboio.

Em relação aquele que é “só” o primeiro equipamento do Sporting CP retenho a seguinte nota:

Mais informamos que o equipamento Stromp não possui as condições regulamentares para poder ser utilizado nas competições europeias. Para tal teríamos de proceder a uma alteração na camisola que iria comprometer a tradição e design do modelo original desvirtuando por completo a sua essência.

Posso estar enganado mas muito brevemente vamos ver os clubes com a imposição de usar nas camisolas a publicidade dos patrocinadores da prova em que estiverem inseridos e não a que usam nas respectivas ligas e com equipamentos de cores escolhidas pela UEFA para que contrastem bem com os logótipos usados, restando até ver, a possibilidade de manter o emblema do respectivo clube (que grande ideia de negócio que eu estou a dar a esses indivíduos).

Eu leio estas notícias e, não sei porquê, só imagino os jogadores de suástica no braço pois penso que é só mesmo o que falta.

O romantismo no desporto já há muito que acabou e apenas os mais teimosos como eu é que ainda teimam em ver no futebol uma modalidade desportiva e não uma indústria de milhões que vive à custa de parvos como eu que lá vão continuando a cair que nem patos para os ir ajudando a sustentar.

Mais negro que as camisolas do Sporting CP é o futuro.

 

P.S. Depois andamos nós a nível interno armados em pudicos porque o logótipo da TMN tem fundo azul. Curem-se que eu também vou tentar fazer o mesmo.

2 comentários

Comentar post