Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

Quem é este indivíduo?

28
Ago12

Com todo o respeito pelo Sporting Clube de Braga, quem é o indivíduo que dá pelo nome de Jorge Sequeira e que considera que o seu clube é um dos chamados clubes "grandes"?

Um clube cujo palmarés sénior se limita a dois títulos da 2ª Divisão em 1946-1947 e 1963-1964, a uma Taça de Portugal em 1965-1966 e a uma Taça F.P.F. em 1976-1977.

Quem é este emergente que não percebe que daqui a um ano, mais coisa menos coisa, o Sporting Clube de Braga voltará a ocupar os lugares a que sempre esteve habituado, ou seja, os de meio da tabela?

Quem é este pobre de espírito que não percebe que para conseguir apenas vislumbrar, mesmo com a ajuda de uns potentes binóculos, os calcanhares de Sporting, Porto e Benfica ainda terá de ultrapassar Belenenses e Boavista?

Quem é este néscio que antes de aquecer o lugar voltará a rastejar para debaixo da pedra de onde veio, caindo rapidamente no esquecimento daqueles que erradamente e em prol das audiências, resolveram promovê-lo a palhaço intervaleiro?


3 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Nogueira 29.08.2012

    Olá Teresa,

     

    Eu comecei o texto escrevendo “Com todo o respeito pelo Sporting Clube de Braga”.

    O que está em causa é a soberba de um pacóvio (ver vídeo no link em baixo) a querer comparar o que não tem comparação. O Braga até podia andar 20 anos a acabar os campeonatos à frente do Sporting, (o que não significa vencê-los) que nunca lhe chegaria aos calcanhares, nem de escadote. Só mesmo não conhecendo a fundo o palmarés de um clube como o Sporting Clube de Portugal para se poder sequer lançar essa discussão e sei que não é o caso da Teresa. O Sporting é grande desde a sua fundação. É grande há mais de 100 anos e é grande a nível mundial, apenas ultrapassado pelo Barcelona no que a número de troféus conquistados diz respeito. Somos o clube, em todo o mundo, com participação de atletas no maior número de modalidades olímpicas. Sou um clube com “C” grande. Não somos um grémio de futebol.

    O Braga faz umas gracinhas em futebol há 2 ou 3 anos e daqui a outros tantos volta para debaixo da pedra de onde veio. Ganhou uma Taça de Portugal há 45 anos e por aí ficou. Essa conversa do 4º grande já se passou com Belenenses, Boavista, Guimarães…

    Não há lugar para três grandes, quanto mais para quatro.

    Acabo como comecei. Com todo o respeito pelo Sporting Clube de Braga mas ponham-se lá no lugar deles. Cresçam e apareçam e se a vida correr sempre mal ao Sporting e sempre bem ao Braga, pode ser que daqui a duzentos anos eles já tenham conseguido conquistar metade do que o Sporting já conquistou.

    Image

    http://www.youtube.com/watch?v=0mHkLidcFEA

  • Sem imagem de perfil

    Teresa 29.08.2012

    Pois Pedro. Eu não me revejo em soberbas, também... mas nem na deles nem na tua.

    Quem vive de sonhos acaba por viver, alimentar-se só disso não gozando tudo o que a vida se lhe oferece, dia a dia, época a época e se tens o azar do teu clube não fazer mais nada de jeito - e olha que este ano leva cá um avanço (ou atraso, como lhe querias chamar) (já para não falar dos últimos anos) - vais continuar com alvissaras dos tempos passados perdendo momentos únicos como o de ontem com o Braga.

    Para mim isso não serve. Nem pelo Sporting nem pela minha Tia Marquinhas.

    Quanto ao Senhor como te disse não conheço nem oiço.

    Para mim futebol é entre as 4 linhas e de preferência 11 contra 11.

    Mas cada vez que vejo estes programas e alguém de gravata verde sinto um embaraço que nem há como explicar. Aliás nem preciso de debates nem que me venham explicar o que vi... bolas, um bocadinho de crédito por favor. Sim, sou esquisita e também sou uma das poucas que se tiver de ver canal nacional é a RTP2... Raramente, mas quando vejo é a RTP2.

    Na minha opinião há lugar para 4, 5, 6 ou 10 grandes. Desde que semana após semana eles me mostrem força, garra e vontade de superação. Acho que foi no B&L mas eu já disse que consigo ver, viver, um futebol que não seja "meu". Outra esquisitice. Mas se é bom vê-se e gosta-se de ver.

    Vivemos em anos mais imediatos e o que interessa é o agora. Os jovens que agora se tornam fãs não querem saber dos últimos 100 anos. Nem ouvi-los nos intervalos ou antes dos jogos. Querem vibrar e ter algo de que se orgular e por quem torcer. E quem der isso tem-nos. E tem o Futuro. Porque eles o levam com eles; não nós nem a Tia Marquinhas.

    Agora se tu me disseres que esse senhor veio dizer que tem feitos tão grandes como o Sporting (a pessoas maiores de 40) ou do FCP (a pessoas maiores do que 10) então sim concordo que ele não deveria dizer isso. Não pode. Mas se ele só mostrou vontade de... não vejo o mal nem porque não. No todo 100 anos é tão pouco temp o - é a Era dos meus netos já imaginaste?

    Se gostava de ver alguém no Sporting afincar-se a esse passado e legado? Gostava. Mas com provas comprovadas em época após época, jovem após jovem...
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.