Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pedro Nogueira Photography

Um blog para mostrar as minhas fotos e para escrever sobre tudo o que me vier à cabeça …assim haja tempo.

London 2012 - Vai-nos valendo a vela

02
Ago12

Esperemos que seja para manter e até melhorar.


À hora deste post:

 

Classe 49er

Bernardo Freitas / Francisco Andrade

4º lugar após a 8ª regata.

 

Classe RS-X

Ainda e sempre João Rodrigues

14º lugar após a 4ª regata.

 

Classe 470

Álvaro Marinho / Miguel Nunes

8º lugar após a 2ª regata.

 

Continuando na água...

Pedro Fraga / Nuno Mendes disputam no dia 4 a Final A de Double Sculls.

 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Nogueira 02.08.2012

    Confirmo, faço um pouco das duas coisas.
    Image
    Também posso confirmar que já fui mais longe à vela do que de charrette.
    Image
    Quanto à perda do estatuto olímpico, traduz-se logo à partida no cancelamento de 1.375 euros mensais por atleta.
    Não me parece que seja assim tão injusto.
    Quem não gostaria de receber 66.000 euros em 4 anos para ir a Londres só para assinar o ponto?
  • Sem imagem de perfil

    Teresa 03.08.2012

    Não, não foste... só achas que sim... ou queres achar Image

    E esse argumento do dinheiro é tão à portuguesa que me recuso sequer a entrar nele Image. É como chumbar um aluno que chegou ao 5º ano sem saber ler nem escrever e não investigar quem deixou chegar aí e verdadeiramente falhou
  • Imagem de perfil

    Pedro Nogueira 03.08.2012

    Fui, fui!

    Não me referia ao país, referia-me a mim.

    As minhas pranchinhas de windsurf já têm muitas milhas náuticas e de charrete não ando.

    Image

    Eu não duvido que os atletas tentem sempre dar o máximo, apesar de a seguir ir fazer um post com uma graçola.

    Image

    Acontece que isso não chega. Temos de perceber a nossa dimensão e não exigir medalhas porque isso será sempre uma excepção à regra.

    Apenas um exemplo. Imagine-se a população que vive em Lisboa mais toda a gente que lá entra todos os dias para trabalhar. Todos sem excepção.

    Já imaginou?

    OK, é o equivalente ao número de ginastas de competição nos estados unidos

    Nas outras modalidades a cena repete-se.

    Como se pode competir com isso.

    Somos pequeninos e capazes de uma gracinha de vez em quando e ponto final. Não há volta a dar-lhe.

  • Sem imagem de perfil

    Teresa 03.08.2012

    Se todos os Países pensassem assim então competiriam os EUA, a China e o Reino Unido para cair ao chão quando aquilo corre mal... se os pais da Gabrielle Douglas achassem que a Ginástica era para a Nadia Comanecci então não se teria a maravilha que se viveu ontem... Se uma Kayla se tivesse deixado convencer que todos os treinadores eram iguais... tudo casos à parte que passaram a fazer parte de um todo - de Ouro. Porquê? porque recusaram o poor-of-me...


    Esse poor-us atitude é que é o tanas. Em pequenino também se pode fazer muita diferença... haja vontade! Que não há, e não me refiro aos atletas... temos medo do sucesso* Fui atleta federada em duas modalidade e sei bem o que digo. Há dons a aparecerem e a serem desconvencidos do seu valor para o treinador poder brilhar com eles por cá, nas provinhas nacionais e europeus; mas sempre colocando um pé nas asas para não voar demasiado não vá alguém tirar-lhes o brinquedo. Quantas crianças Portuguesas não serão nunca Phelps devido às bestas frustradas que as ensinam nas piscinas dos clubes e municipais?! Infelizmente, sei do que falo... sei o que é não permitirem a uma criança ficar numa classe "normal" porque tem qualidades de competição mas depois destruírem-na psicologicamente ao ponto de nadar deixar de ser um prazer e passar a ser um terror. Quando o homem dizia "orgulhosamente sós" combatíamos o dixit, mas vivemos agarrados a isso... desde o primeiro momento em que telmas chegam ao tatami e nelsons à pista. Por momentos eles voam, superam, batem expectativas mas os arbutres - até sob a capa de humor - vivem à espera...


    Portugal não tem capital financeiro para fazer frente a uns EUA - sabes quanto custa um Phelps ou um Lochte aos pais? para além do dom eles são um investimento DOS PAIS.... aqui vê-se o dom e já se levantam vozes a lembrar que fulano ou cicrano deveria investir, pagar, subsidiar... lá, essa preocupação nem existe enquanto se cria o atleta, só quando há o mito.

    E não é por estes resultados que vou apagar todas as vezes que fizemos a diferença. Em pequeninos que se fizeram Grandes. Por Minutos alguns e Por Anos outros.

    Se me disseres que agora, que não há dinheiro, vai começar a caça às bruxas, retirando o título de Atleta Olímpico só por essa razão, disfarçada sob a desculpa de não resultados ganhas a medalha de ouro do discernimento... se acreditas que não, que é bem feito, então para além de hijab mereces competir com venda Image
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.