Pedro Nogueira Photography

Dezembro 31 2013

Neste dia em que o ano termina, chega também ao fim o meu "Mobile phone - Project 365" que consistiu em tirar uma foto por dia apenas com recurso a telemóvel.
Obrigado a todos os que acompanharam e fiquem descansados porque para o ano não há mais.
Votos de um Feliz 2014!

Mobile phone - Project 365
#365 The end

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 17:37

Dezembro 30 2013

Mobile phone - Project 365
#364 Hold that tiger

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 16:08

Dezembro 30 2013

A respeito da recepção de ontem ao Futebol Clube do Porto.

Atitudes mesquinhas a roçarem a boçalidade e típicas de quem tem complexo de inferioridade. Impensável, pelos vistos até ontem, numa instituição com o peso e a história do Sporting Clube de Portugal. Há quem se envergonhe de pertencer ao mundo do futebol por ver um golo mal anulado numa semana, quando precisamente na semana anterior é favorecido com um penalty fantasma. Eu que não pertenço ao mundo do futebol, sendo apenas um comum sócio/adepto, também me envergonho, não por mim mas pelo meu clube.

Começa, infelizmente, a palpitar-me que a pólvora, mesmo que há muito já esteja seca, depressa vá esgotar.

Não há necessidade de ser mal-educado para que se demonstre que o tempo dos frouxos já lá vai.

Como já escreveu um amigo meu. "Pagar da mesma moeda rebaixa-nos ao mesmo nível" e agora acrescento eu "...e depois ganham-nos em experiência."

Haja maneiras porque o Sporting Clube de Portugal não é isto.

Saudações Leoninas!

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 13:24

Dezembro 29 2013

Mobile phone - Project 365
#363 Go green

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 22:55

Dezembro 28 2013

Mobile phone - Project 365
#362 Knock on wood

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 23:46

Dezembro 27 2013

Mobile phone - Project 365
#361 Have a nice weekend!

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 23:59

Dezembro 27 2013

O Sporting Clube de Portugal emitiu hoje um comunicado que pode ser lido na integra a partir deste link e ao qual tenho algumas considerações a fazer.

 

Embora não sinta a mínima necessidade de me justificar, quero no entanto relembrar uns e informar outros que, por duas vezes, votei em Bruno de Carvalho.

 

Vou pôr desde já de parte questões linguísticas relacionadas com o comunicado do clube uma vez que se olharmos a problemas de sintaxe, palavras escritas ao abrigo do aborto ortográfico (objetivo, efetuada) e outras que nem tanto (Direcção, Directivo), isso, por si só, dava matéria para um post, uma vez que se trata de uma instituição com o peso e a responsabilidade do Sporting Clube de Portugal.

 

Ponto 1 – Angariação de novos sócios.

Como pode a Direcção do Sporting Clube de Portugal afirmar que as várias medidas tomadas são favoráveis para a angariação de novos sócios quando os mais antigos e mais assíduos se sentem permanentemente prejudicados ao pagarem mais e à cabeça do que posteriormente é oferecido a adeptos de circunstância?

Como se sente um sócio que paga as suas quotas no início de cada trimestre, compra a sua Gamebox para o futebol no início da época e depois é confrontado com, "Bilhetes Família", "Bilhetes Anti-Crise", campanhas de jogos a 5,00 e a 7,00 para qualquer lugar do estádio e outras medidas avulsas do mesmo género?
Na área da bilhética, mudaram-se os nomes, manteve-se a táctica bacoca de Godinho Lopes.

Como se sente um sócio que compra uma Gamebox de bancada central e tem ao seu lado adeptos das equipas adversárias porque o clube entende que pode vender bilhetes avulso para lugares que deveriam ser reservados a sócios?

Como se sente um sócio com Gamebox que a dia 12 recebe uma SMS para comprar um bilhete até dia 18 por 20,00, não compra porque acha o valor exagerado e depois, a dia 26 recebe outra SMS a dizer que pode comprar um bilhete desde 10,00?

A ausência de competições europeias deveria contemplar uma diminuição no preço das Gameboxes, o que não aconteceu e até considerei ofensivo o facto de referirem que para compensar estariam incluídos jogos da equipa B.

Muitas das referidas manifestações a respeito do preço dos bilhetes, a que o comunicado faz referência, são precisamente por haver cada vez mais quem se sinta prejudicado em ser sócio e pagar a tempo e horas em detrimento do adepto de ocasião e não o contrário.

É com estas medidas que querem fidelizar e angariar novos sócios?

Não me façam rir.

 

Ponto 2 – As modalidades e o pavilhão.

Com a situação económica actual que é infelizmente desfavorável para inúmeras famílias Sportinguistas, quem é o iluminado que se convence que as pessoas podem suportar deslocações de pavilhão para pavilhão e de uma localidade para outra para apoiarem as modalidades?

Estão à espera de adesão à Gamebox Modalidades para construir um pavilhão?

Na realidade têm de fazer exactamente o contrário. Construir um pavilhão junto do estádio, como prometeram e assim tentar juntar de novo as famílias Sportinguistas no apoio a todas as modalidades.

 

Ponto 3 – A reestruturação financeira.

É a falta da venda de 2000 Gameboxes que compromete a reestruturação?

Parece-me chantagem sentimental e conversa de Calimero.

Quanto a mim o que pode comprometer a reestruturação é a falta de investidores que em período de campanha eleitoral estavam supostamente garantidos.

Nunca me pareceu que a simples troca de Godinho Lopes por Bruno de Carvalho colocasse dinheiro no bolso dos Sportinguistas com vista a ajudar o clube. Esse tem de vir de outro lado, seja da Rússia, da China ou das Arábias.

 

No tempo em que era oposição, Bruno de Carvalho afirmava que as soluções tinham de partir de Godinho Lopes, agora que é presidente, têm de partir dos sócios?

Os sócios contribuem à medida da sua vontade e das suas possibilidades, quanto a soluções, essas terão sempre de partir da Direcção.

 

Saudações Leoninas!
...de um sócio com as quotas sempre em dia e há muitos anos.

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 22:48

Dezembro 26 2013

Mobile phone - Project 365
#360 Transparent light blue

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 19:17

Dezembro 26 2013

Ao que parece, em 2012 venderam-se mais de 35.000 Bimby em Portugal. O famoso gadget fabricado no país da Sra. Merkel e que custa algo equivalente a dois salários mínimos.

"Uma obsessão no país mais pobre da Europa Ocidental", como se pode ler no Wall Street Journal.

Fonte: Económico e The Wall Street Journal.

 

Aposto que como o referido aparelho não faz torradas nem tira meia de leite, muitos ainda gastam 5 euros por dia para tomar o pequeno-almoço fora de casa porque nem isso sabem fazer em condições.

Não se faz um esforço nem para aprender a estrelar um ovo mas depois queixam-se que isto está mal.

Que este é um país maioritariamente de bimbos, já todos sabemos, pelos vistos está quase a ser das Bimby também.
…ou de bimbos com Bimby.

Passem bem que eu vou ver se almoço qualquer coisinha.

 

a
a

publicado por / published by Pedro Nogueira às 15:01

Dezembro 25 2013

Mobile phone - Project 365
#359 Peeking under the table

 

publicado por / published by Pedro Nogueira às 23:21

Seja bem-vindo ao meu blog.

O meu nome é Pedro Nogueira.

Caso assim o pretenda, poderá contactar-me para:

pedro.photomaniac@gmail.com


Obrigado pela visita e volte sempre.


Welcome to my blog!

My name is Pedro Nogueira

Feel free to contact me to:

pedro.photomaniac@gmail.com


Thank you and come back soon.

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Pesquisar neste blog / Search
 
subscrever feeds